O cantor sertenejo e sanfoneiro Diego Souza Sá, de 29 anos, foi baleado acidentalmente e acabou morrendo na tarde desta terça-feira (13), em Goiânia. As informações são do portal G1.

Segundo a família, o disparo foi realizado por um amigo no olho de Diego quando ele e um primo haviam ido a um lava car buscar o veículo. No local, o dono do estabelecimento decidiu mostrar a arma calibre 38 que acabara de comprar aos dois amigos. Foi neste momento que, ao manusear a arma, acabou efetuando o disparo na cabeça do cantor acidentalmente.

Diego morreu aos 29 anos – Reprodução

Depois do ocorrido, o dono do lava a jato e autor do disparo saiu do local para pedir socorro médico, mas não retornou ao local e levou a arma consigo.

De acordo com a Polícia Civil, o autor do disparo pode responder homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Natural de São Miguel do Araguaia, no norte de Goiás, Diego Souza Sá deixa esposa e uma filha de 2 anos. Ele fazia shows em Goiânia e em cidades do interior do estado.