Cresceu nos grupos de WhatsApp de caminhoneiros nos últimos dias um movimento de vídeos e mensagens de motoristas dizendo que ficarão em casa nas próximas semanas.

 

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

 

Não se trata de paralisação desta vez, mas de preocupação com a saúde devido à pandemia do novo coronavírus. A categoria também pede alívio financeiro ao governo, e o Ministério da Infraestrutura tem dito que vai apresentar medidas.

No entanto, nas conversas, os motoristas dizem que têm pouco acesso aos serviços de saúde nas estradas e que estão vulneráveis ao contágio porque circulam por muitas cidades.