Com a perspectiva de atraso na reforma da Previdência, a Bolsa brasileira recuou 1,939% nesta terça-feira (25), maior queda percentual do mês. Segundo Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), líder da maioria na Câmara, a votação da proposta na comissão especial pode ficar para a próxima semana após reunião com o relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP).

O mercado seguia a expectativa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de aprovar a proposta na comissão especial até quinta-feira (27). Caso fique para a primeira semana de julho, o projeto pode ser votado no plenário apenas no segundo semestre.

Além do contratempo, a segunda turma do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu julgar o pedido de habeas corpus do ex-presidente Lula, o que ampliou as perdas do Ibovespa. No pior momento do dia, quando decisão se tornou notória, o índice recuou 2,13%, a 99.890 pontos. O dólar subiu 0,650%, a R$ 3,853.

No exterior, o viés também foi negativo com queda de confiança do consumidor americano. Ao contrário da previsão de estabilidade de economistas, o índice recuou cerca de 10 pontos em relação a maio e foi para 121,5 em junho, menor patamar desde setembro de 2017.

Stock market chart, Stock market data on LED display concept

DÓLAR
compra/venda
Câmbio livre BC – R$ 3,8297 / R$ 3,8303 **
Câmbio livre mercado – R$ 3,8510 / R$ 3,8530 *
Turismo – R$ 3,8200 / R$ 4,0100

(*) cotação média do mercado
(**) cotação do Banco Central

Variação do câmbio livre mercado
no dia: 0,650%

OURO BM&F
R$ 175,00

BOLSAS
Bovespa (Ibovespa)
Variação: 1,93%
Pontos: 100.092
Volume financeiro: R$ 15,145 bilhões
Maiores altas: JBS ON (0,50%)
Maiores baixas: B3 ON (-5,14%), Estácio ON (-3,91%), Hypera ON (-3,74%)

S&P 500 (Nova York): -0,95%
Dow Jones (Nova York): -0,67%
Nasdaq (Nova York): -1,51%
CAC 40 (Paris): -0,13%
Dax 30 (Frankfurt): -0,38%
Financial 100 (Londres): 0,08%
Nikkei 225 (Tóquio): -0,43%
Hang Seng (Hong Kong): -1,15%
Shanghai Composite (Xangai): -0,87%
Merval (Buenos Aires): 0,45%
IPC (México): 0,11%

ÍNDICES DE INFLAÇÃO
IPCA/IBGE
Abril 2018: 0,22%
Maio 2018: 0,40%
Junho 2018: 1,26%
Julho 2018: 0,33%
Agosto 2018: -0,09%
Setembro 2018: 0,48%
Outubro 2018: 0,45%
Novembro 2018: -0,21%
Dezembro 2018: 0,15%
Janeiro 2019: 0,32%
Fevereiro 2019: 0,43%
Março 2019: 0,75%
Abril 2019: 0,57%

INPC/IBGE
Abril 2018: 0,21%
Maio 2018: 0,43%
Junho 2018: 1,43%
Julho 2018: 0,25%
Agosto 2018: 0,00%
Setembro 2018: 0,30%
Outubro 2018: 0,40%
Novembro 2018: -0,25%
Dezembro 2018: 0,14%
Janeiro 2019: 0,36%
Fevereiro 2019: 0,54%
Março 2019: 0,77%
Abril 2019: 0,60%

IPC/Fipe
Abril 2018: -0,03%
Maio 2018: 0,19%
Junho 2018: 1,01%
Julho 2018: 0,23%
Agosto 2018: 0,41%
Setembro 2018: 0,39%
Outubro 2018: 0,48%
Novembro 2018: 0,15%
Dezembro 2018: 0,09%
Janeiro 2019: 0,58%
Fevereiro 2019: 0,54%
Março 2019: 051%
Abril 2019: 0,29%

IGP-M/FGV
Maio 2018: 1,38%
Junho 2018: 1,87%
Julho 2018: 0,51%
Agosto 2018: 0,70%
Setembro 2018: 1,52%
Outubro 2018: 0,89%
Novembro 2018: -0,49%
Dezembro 2018: -1,08%
Janeiro 2019: 0,01%
Fevereiro 2019: 0,88%
Março 2019: 1,26%
Abril 2019: 0,92%
Maio 2019: 0,45%

IGP-DI/FGV
Abril 2018: 0,93%
Maio 2018: 1,64%
Junho 2018: 1,48%
Julho 2018: 0,44%
Agosto 2018: 0,68%
Setembro 2018: 1,79%
Outubro 2018: 0,26%
Novembro 2018: -1,14%
Dezembro 2018: -0,45%
Janeiro 2019: 0,07%
Fevereiro 2019: 1,25%
Março 2019: 1,07%
Abril 2019: 0,90%

SALÁRIO MÍNIMO
Janeiro 2019: R$ 998,00