(Foto: Reprodução/TV Globo)

 

A diretoria do São Paulo Futebol Clube decidiu hoje (4) interditar a sede social do time, no bairro do Morumbi, na zona oeste paulistana, por 30 dias. Segundo nota divulgada na tarde desta segunda-feira, este é o tempo necessário para fazer os reparos e higienização depois de o local ter alagado durante a tempestade ocorrida na noite do último sábado (2).

A prioridade, de acordo com o comunicado, é a reconstrução do muro da Rua Jules Rimet, que cedeu parcialmente com a força da água. Já foi possível, no entanto, avançar na limpeza das áreas comuns do clube e remover grande parte do lixo que se acumulou. Vídeos e fotos postados na internet mostram as piscinas e a área verde tomadas pela lama.

O estádio também sofreu danos, com a água invadindo corredores e vestiários. Hoje, foram retirados os armários e o forro do local que serão limpos e higienizados nos próximos dias. Devido aos problemas, a partida do São Paulo contra o Ferroviária, que acontece no próximo sábado (10) pelo Campeonato Paulista, foi transferida para o Estádio do Pacaembu.