O deputado estadual Gil Vianna (PSL-RJ) morreu hoje aos 54 anos vítima de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. A informação foi confirmada pela Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro). A reportagem é do Portal UOL.

Flávio Bolsonaro ao lado de Gil Vianna

 

Ele estava internado há oito dias em um hospital em Campos dos Goytacazes (RJ) e teve complicações provocadas pela doença, segundo a Alerj.

Em 2019, Vianna apareceu em um vídeo ao lado do senador Flávio Bolsonaro, por quem foi elogiado e chamado de “comandante”, responsável por atuar a favor de Bolsonaro na região Norte Fluminense.

Nas redes sociais, amigos e colegas mais próximos do deputado, como o próprio Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, lamentaram a morte do político.

“Meus sentimentos à família do meu amigo Gil Vianna. Cara do bem, trabalhador e meu colega de partido quando deputado estadual no Rio. Que Deus o tenha e conforte sua família”, escreveu o senador.

Para ler a matéria completa no UOL clique aqui.