Jovem levou oito pontos na cabeça Foto: Reprodução

Dois estudantes foram agredidos a paulada, na tarde da última segunda-feira, dentro do Colégio estadual Visconde de Cairu, no Méier, Zona Norte do Rio. O agressor era outro aluno. Um dos jovens levou oito pontos na cabeça. A dupla afirma que foi vítima de homofobia. As vítimas registraram o caso na 23ª DP (Méier).

— Foi homofobia. A gente não falou nada para ele. E ele voltou com ódio. Não tinha motivo nenhum para nos agredir — conta uma das vítimas, que lembra: — Ele estava com um adesivo do Bolsonaro no peito. A gente nunca pensa que pode acontecer com a gente. Estou traumatizado. Minha ficha ainda não caiu.

Para ler a matéria completa no Extra clique aqui.