Depois do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pedir que a contagem de votos em Michigan fosse suspensa temporariamente, por não ter pessoas de sua equipe na abertura das urnas, uma confusão se iniciou em frente ao local de contagem de votos.

Os vídeos gravados nessa quarta-feira (04/11) mostram apoiadores de Trump gritando pela paralisação da contagem e sendo contidos por seguranças enquanto tentavam invadir o local.