O último debate antes das eleições entre os candidatos à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, do partido Republicano, e Joe Biden, do partido Democrata, na noite desta quinta-feira (22/10), foi na contramão do primeiro embate que tiveram – marcado por interrupções sem fim e agressões repetidas. Em tom mais contido, os dois discordaram sobre pandemia, combate ao racismo, imigração e mudanças climáticas, e trocaram acusações sobre negócios ilícitos.

(Foto: Reprodução)

 

O atual presidente foi responsável pela maior parte dos conflitos e acusações. Ele voltou a mencionar o filho de Biden, Hunter, afirmando que ele integrou um esquema de corrupção na Ucrânia, na época em que o democrata era vice-presidente dos EUA.

Para ler a matéria completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.