O Twitter inseriu uma advertência ao tuíte em que o presidente americano, Donald Trump, questionou a segurança de caixas de correio para os eleitores que votarão nas eleições de novembro. Na postagem, feita mais cedo, Trump afirmou que as caixas de correio não são higienizadas contra a covid-19.

(Foto: Reprodução)

 

“Colocamos uma advertência de interesse público nesse tuíte por violar nossa política de integridade civil ao fazer afirmações sanitárias enganosas que podem dissuadir as pessoas de participarem da eleição”, afirmou a rede social através da conta oficial Twitter Safety. Apesar disso, o site considerou que “pode ser de interesse público” manter a postagem disponível.

Além de afirmar que as caixas de correio não estão desinfetadas contra o vírus, Trump voltou a questionar a idoneidade do próprio processo de votação por correspondência. “Entre outras coisas, elas tornam possível que uma pessoa vote múltiplas vezes Além disso, quem as controla, elas estão em áreas republicanas ou democratas?”, escreveu. “Uma grande fraude”, completou.

A campanha à reeleição do republicano tem afirmado que os votos pelo correio, que devem aumentar nas eleições deste ano com os eleitores evitando o comparecimento presencial às urnas, abrem margem para fraudes. Por outro lado, a campanha do democrata Joe Biden tem incentivado os eleitores para que façam o registro e votem pelo correio.