O aplicativo de encontros Tinder anunciou nesta semana uma nova função, que alerta usuários gays e lésbicas quando em viagem a países onde as leis perseguem homossexuais.

(Foto: Reprodução/Instagram)

Pessoas cadastradas no aplicativo com interesse em parceiros do mesmo sexo receberão um aviso quando estiverem em um dos 70 países que criminalizam relações entre pessoas do mesmo sexo e poderão optar por manter ou não seu perfil invisível na rede social.

A lista dos locais de risco foi construída a partir de relatórios da Ilga, organização internacional de proteção aos direitos de homossexuais e transsexuais.

Entre os 70 países com legislações que punem relações afetivas homossexuais ao redor do mundo, 11 preveem a pena de morte.