Durante 22 anos, a família de William Moldt não teve notícias dele. O que eles não esperavam é que o mistério sobre o paradeiro do homem seria resolvido com uma pesquisa na ferramenta Google Earth — que mostra imagens de satélite de locais em todo o mundo — feita por um ex-morador do bairro de Wellington, no condado de Palm Beach, na Flórida, Estados Unidos.

(Foto: Reprodução)

 

Durante a busca, o ex-morador, que não teve a identidade revelada, viu na imagem que havia algo submerso em um lago localizado atrás de uma propriedade na região. Ele então decidiu alertar o morador atual, que confirmou a presença do objeto usando um drone e chamou a polícia. Ao chegar no local, os agentes de segurança encontraram um veículo muito calcificado na água, com um esqueleto dentro. O carro e os restos mortais foram rebocados para o Instituto de Medicina Legal e na última terça-feira, foi confirmado que quem estava no carro era Moldt.

Para ler a matéria completa no Portal Extra clique aqui.