A alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Michelle Bachelet, concedeu uma entrevista nesta quarta-feira (9/12). Para ela, grande parte da América Latina não apresentou cenários positivos para combater a Covid-19 e não economizou palavras para fazer um alerta sobre a situação no Brasil.

(Foto: Divulgação Agência Brasil)

 

“A Covid-19 teve um impacto devastador no Brasil”, afirmou Bachelet. “No Brasil, em especial, vimos um impacto desproporcional em grupos em situação vulnerável, como pessoas vivendo na pobreza, afrodescendentes, indígenas, LGBTI, pessoas privadas de sua liberdade e pessoas vivendo em locais informais”, destacou.

Michelle também criticou a politização da pandemia e classificou a atitude de minimizar a doença como “irresponsável”. Essa falta de comprometimento no combate agravou a crise gerada pela Covid-19.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.