Em 2020, a primeira página do Reddit tem sido em grande parte uma variação de: movimento antimáscara, direção perigosa, racismo, políticos abomináveis e um pequeno broto verde com uma espada de madeira na mão.

Em meio a todo horror e sofrimento deste ano, surgiu um simpático herói roliço para oferecer breves momentos de alegria a milhares de pessoas na internet. Esse herói se chama Quest Sprout.

MATTHEW WILLS / SWORDS

Tudo o que Quest Sprout quer fazer é partir em busca de aventuras. Tudo o que o Quest Sprout diz é “Qwest” (que pode ser traduzido, neste caso, como “missão”).

Ele é uma criação do testador de videogames e artista de quadrinhos Matthew Wills, da Nova Zelândia, que faz webcomics (quadrinhos online) de fantasia/humor desde março de 2018.

Matthew fez algum sucesso anteriormente com a série Swords, mas a resposta a Quest Sprout, lançado em maio deste ano, foi diferente de tudo que ele tinha visto antes.

O episódio mais recente teve cerca de 80 mil upvotes (a versão do Reddit para “curtidas”) quando foi publicado na comunidade Wholesome Memes, onde alguns usuários o classificaram como “a coisa mais saudável da internet”.

Quest Sprout é parte de um mundo que Matthew criou para parodiar obras como O Senhor dos Anéis, animes e “clichês de fantasia” que observou neles.

Matthew diz que a reação tem sido em “outro nível”, se comparado com seus trabalhos anteriores.

Ele acredita que certos eventos mundiais, sobretudo a pandemia de coronavírus, fizeram as pessoas a sair em busca de conteúdos que as façam se sentir bem na internet.

“Acho que o fato de todo mundo estar passando por momentos difíceis definitivamente ajudou as pessoas a se apegarem a esse personagem”, afirmou ele ao programa Newsbeat, da BBC Radio 1.

“É definitivamente algo que está ajudando as pessoas, eu acho, se isso não soar muito presunçoso.”

‘É o que ele merece’

Quest Sprout já é sua criação mais popular, embora seja um personagem sobre o qual Matthew teve dúvidas no início.

“Na verdade, eu estava inseguro quando postei pela primeira vez. Pensei: ‘Está certo? É isso que eu quero?'”, revela.

“Agora ele é um personagem principal, aparecendo com muito mais frequência do que os principais personagens até agora neste ano.”

“É o que ele merece.”

Para ler a matéria completa na BBC Brasil clique aqui.