Nesta semana, completa-se um ano do surgimento de uma “pneumonia misteriosa” em Wuhan, capital da província de Hubei, na China. Mais tarde, essa pneumonia seria identificada como Covid-19.

 

Foto: Getty Images

 

Um artigo publicado na The Lancet, considerada a revista científica de maior relevância no mundo, aponta que o primeiro paciente com sintomas da Covid-19 na região teria sido identificado em 1º de dezembro de 2019.

Trinta dias depois, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recebeu o primeiro alerta sobre a doença, que causava febre, tosse seca e graves problemas respiratórios, como a pneumonia.

Para ler a matéria completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.