Governos devem usar informações científicas sobre o novo coronavírus, ou vão provocar um desastre inclusive para si próprios, afirmou nesta segunda (7) Michael Ryan, diretor-executivo da OMS (Organização Mundial da Saúde).

“Uma hora as pessoas descobrem que estão recebendo informações distorcidas ou manipuladas politicamente, e isso vai se virar contra quem as está disseminando”, disse ele, se referindo a governantes em geral, mas respondendo a uma pergunta sobre as declarações e atos do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

Foto: Reprodução/Instagram

“As pessoas não estão procurando unicórnios nem soluções mágicas”, disse Ryan, ao afirmar que governos devem ser transparentes, honestos e coerentes em sua comunicação, inclusive ao admitir que ainda há dúvidas e incertezas sobre a epidemia de Covid-19.

Ryan afirmou que já respondeu a muitas perguntas sobre problemas no Brasil, mas que há muita informação de qualidade também disponível para as pessoas e governos estaduais e municipais têm adotado medidas corretas.

“Bons governos ganham a confiança da população com informações confiáveis”, afirmou o diretor-executivo da OMS.