Poucas semanas antes de o presidente Donald Trump deixar o poder, o governo federal americano vem acelerando a execução de presos condenados à morte, em um esforço considerado inédito. Até agora, já foram nove execuções federais, todas neste ano.

A décima está marcada para esta sexta-feira (11/12), quando Alfred Bourgeois, de 56 anos, deverá receber a injeção letal na penitenciária federal de Terre Haute, no Estado de Indiana.

Na noite de quinta (10/12), um dos casos de maior notoriedade teve seu desfecho: o governo federal executou Brandon Bernard, em Terre Haute.

Bernard foi condenado pela participação no sequestro e morte do casal Todd e Stacie Bagley, em 1999, no Texas. Ele tinha 18 anos na época do crime e foi sentenciado à morte em 2000, um dos mais jovens a receber a pena de morte federal no país.

Brandon Bernard – Foto: Divulgação