O papa Francisco, 86, teve uma boa noite no hospital Gemelli, em Roma, após passar por uma cirurgia com anestesia geral em razão de risco de obstrução intestinal, disse o Vaticano nesta quinta-feira (8). O procedimento, divulgado de última hora, levantou novas preocupações sobre a saúde do pontífice.

Foto: Vatican News.

“A equipe médica que acompanha a recuperação pós-operatória diz que o papa passou uma noite tranquila, com descanso prolongado”, diz trecho do comunicado. “Ele está em bom estado geral, alerta e respirando espontaneamente. Os resultados dos exames de rotina são bons”, acrescentou.

Segundo o Vaticano, o pontífice permanecerá descansando pelo resto do dia. Na véspera, Francisco foi submetido a uma operação de três horas para reparar uma laparocele, um tipo de hérnia que se forma pela falha da cicatrização de uma operação anterior. No caso do papa, um procedimento para tratar de diverticulite, feito em 2021, é apontado como o provável fator que levou ao quadro.

Sergio Alfieri, responsável pelo procedimento, disse na quarta (7) que o papa respondeu bem tanto à cirurgia quanto à anestesia geral e já estava fazendo piadas com a equipe médica. O hospital negou que a operação tenha sido uma emergência, apesar de que o procedimento não constava na agenda oficial.

Francisco está internado no 10º andar do hospital Gemelli, no mesmo quarto usado por João Paulo 2º, operado várias vezes na unidade. Segundo o Vaticano, o papa expressou gratidão pelas muitas mensagens de apoio que tem recebido e pediu aos fiéis que continuem rezando por ele.

A agenda do papa foi cancelada até 18 de junho, e o Vaticano enfatizou que os eventos nos dias seguintes estão mantidos. Ainda que não confirmada oficialmente, uma das visitas previstas ainda para este mês seria a do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Nos próximos meses, Francisco também pretende viajar a Portugal, de 2 a 6 de agosto, para participar da Jornada Mundial da Juventude, em Lisboa. Em 31 de agosto, o argentino tem viagem marcada à Mongólia.

O Vaticano diz que a cirurgia já estava nos planos da equipe médica e se mostrou necessária devido ao agravamento dos sintomas apresentados pelo argentino. Francisco ficará internado “para permitir o normal decurso pós-operatório e a plena retomada funcional”. Segundo o hospital, o período de recuperação levará de 5 a 7 dias.

Francisco, que celebrou dez anos de seu pontificado em março, tem sofrido com uma série de doenças nos últimos anos e costuma usar uma cadeira de rodas ou uma bengala em suas aparições públicas devido a dores persistentes no joelho.

Em março, o papa recebeu o diagnóstico de bronquite e ficou cinco dias internado –o pontífice está mais suscetível a doenças respiratórias por ter retirado parte de um dos pulmões quando tinha por volta de 20 anos. Já no mês passado, ele precisou cancelar audiências após apresentar febre. Mesmo internado, o papa manterá suas funções e deve despachar do hospital em Roma.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Papa Francisco tem boa noite no hospital após cirurgia, diz Vaticano

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.