A justiça da Austrália condenou um casal por ter submetido a filha de três anos a uma dieta vegana restrita, que teria provocado desnutrição e um quadro de paralisia cerebral na criança por causa da falta de nutrientes.

 

Foto Ilustrativa

 

A menina enfrenta dificuldades para o desenvolvimento físico e cognitivo e físico e tem dificuldades de comunicação. Durante o julgamento realizado neste mês, pai e mãe admitiram ter negligenciado a saúde da filha.

O caso começou a ser acompanhado em agosto de 2018, quando ela tinha apenas 19 meses e foi levada a um hospital. De acordo com o jornal The Age, a bebê estava com hematomas no corpo, era fria ao toque, letárgica e tinha sangue escuro na fralda.

Para ler a matéria completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.