Em um mesmo dia, Facebook teve a maior redução percentual de mercado dos últimos quatro anos

O valor do Facebook na bolsa de valores de tecnologia dos Estados Unidos encolheu impressionantes US$ 35 bilhões (ou aproximadamente R$ 115,5 bilhões) entre a manhã e o anoitecer de segunda-feira. Para efeito de comparação, as ações da rede social caíram, só na segunda, o equivalente ao valor de mais de 200 mil casas populares no Brasil. Até o fechamento do dia na Nasdaq, em Nova York, as ações do Facebook haviam caído 6,7%.

Esta é a maior redução percentual em valor de mercado do Facebook em um só dia em quatro anos, levando a capitalização de mercado da empresa de US$ 537 bilhões (ou R$ 1,77 trilhão), registrados na sexta-feira à noite, para aproximadamente US$ 500 bilhões no fim da segunda.

A âncora que afundou os papéis da empresa de Mark Zuckerberg foi lançada durante o fim de semana, quando diferentes reportagens da imprensa internacional denunciaram que uma consultoria teria usado para fins políticos informações privadas de mais de 50 milhões de usuários do Facebook.

Os perfis das pessoas que integram a rede social são considerados “moeda valiosa” na guerra de marketing eleitoral. Isto porque as interações no Facebook revelam muito sobre nossa personalidade, interesses, medos e opiniões. Com base nestas informações, empresas podem desenvolver algorítimos para direcionar de forma personalizada publicidade, artigos ou mensagens de cunho político adequados aos interesses de cada um ou com maior potencial de causar impacto.

Pra ler a reportagem completa da BBC Brasil, clique aqui