Mais de 300 mil pessoas já morreram no mundo pelo novo coronavírus, segundo a Universidade Johns Hopkins (EUA), que monitora dados da pandemia. O número real de óbitos por Covid-19, porém, deve ser muito maior, considerando a subnotificação – faltam testes em massa em muitos países, incluindo o Brasil, e há muitos casos e óbitos em investigação sem resolução até o momento.

(Foto: Reprodução)

 

A velocidade com que as mortes ocorrem no mundo parece estar diminuindo. O número de mortes dobrou de 50 mil para 100 mil em apenas oito dias, entre 2 e 10 de abril. Para que a marca dobrasse de 100 mil para 200 mil óbitos, foram necessários 15 dias. E, entre a marca de 150 mil e 300 mil mortes, foram 27 dias.

Já no Brasil o aumento porcentual do número de óbitos diário é maior do que na Europa, antigo epicentro da pandemia. O número oficial de mortes crescia a 6,5% ao dia na sexta-feira (8), no Brasil. Em dia equivalente da epidemia na Itália, crescia a 3,1%. Faz duas semanas, os ritmos dos dois países eram similares. O ritmo está em 2,5% na França. No Reino Unido, 3%. Nos EUA, 8,2%. No estado de São Paulo, 4,6%.

Cerca de 30% das mortes em todo o mundo ocorreram nos Estados Unidos. O país registrou, até esta quinta (14), 84.575 óbitos causados pelo novo coronavírus Sars-CoV-2. Depois vêm Reino Unido (33.692), Itália (31.368), Espanha (27.104) e França (27.077), no top 5.

O Brasil ocupa a sexta posição no ranking, com 13.149 óbitos confirmados pela doença. A primeira morte pelo novo coronavírus foi anunciada pelas autoridades chinesas em 11 de janeiro. Os alertas para uma nova doença surgiram em dezembro no país, e a OMS (Organização Mundial da Saúde) foi avisada oficialmente em 31 de dezembro.

Um mês após a primeira notificação do governo chinês, 25 países já tinham casos confirmados da doença. Outros 30 dias depois, já eram 60 territórios com presença do vírus. Em 30 de março, esse número havia saltado para 174 países. Em 30 de abril, eram 180 países. Na quarta (13), Lesoto confirmou seu primeiro caso e elevou o total para 181.