(Foto: Divulgação)

O mergulhador da Marinha Tailandesa Beiret Bureerak, que participou do resgate do técnico e dos 12 meninos de um time de futebol do país presos em uma caverna inundada no ano passado, morreu devido a uma infecção sanguínea contraída durante a operação.

A Marinha confirmou a morte e disse que Bureerak vinha lutando contra a doença, mas sua condição piorou nos últimos tempos.

Para ler a matéria completa no MSN clique aqui.