(Foto: Reprodução de TV/WCCO)

 

Um americano dado como morto em 2013 está, na verdade, vivo e morando na África. Jerry Krause desapareceu há quatro anos quando voava pela costa oeste do continente africano.

O americano trabalhava como piloto de um grupo de missionários na África desde 1989, onde ele criou seus três filhos, ao lado da mulher, Gina. No dia 7 de abril de 2013, Krause viajava da África do Sul para Mali quando o avião sumiu. A última comunicação foi feita na ilha de São Tomé, onde parou para reabastecer a aeronave.

Muitas buscas foram feitas, na época, mas nada foi encontrado. Por isso, dois meses depois, a South African Civil Aviation Authority – o equivalente à Anac da África do Sul – declarou que o avião sofreu um acidente e que Krause estava morto.

No entanto, recentemente, o governo sul-africano removeu o americano da sua lista de mortos após ter evidências de que ele está vivo. Além disso, as autoridades locais disseram que o governo americano sabe bem o paradeiro de Krause.

Para ler a matéria completa no Notícias Tablóide clique aqui.