Max Werenka, de 13 anos, estava atravessando de barco o lago Griffin, perto de Revelstoke (Columbia Britânica, Canadá), no mês passado quando avistou um carro no leito. O nível da água estava mais baixo e o veículo, em posição vertical, pôde ser observado.

(Foto: Reprodução)

 

O adolescente contou sobre o achado para a mãe, que presumiu que se tratava de um carro envolvido em acidente em 2009 no local. A mulher contou à Polícia Montada, que decidiu investigar.

Uma equipe foi ao local, mas, por causa da inclinação do Sol no momento, não foi possível ver o carro.

Para ler a matéria completa no Extra clique aqui.