A Proteção Civil da Itália informou neste sábado (21) que o país bateu um novo recorde de mortes em 24 horas em razão da pandemia de coronavírus. Foram registrados 793 óbitos, o que elevou o número de vítimas para 4.825 em todo o território italiano em um mês.

Ainda segundo as autoridades, surgiram 6.557 novos casos positivos para o coronavírus, outro recorde que preocupa os italianos.

Reprodução

Só em Lombardia, região norte de Milão, foi registrado a grande maioria das mortes, com 546 vítimas. Além da metade dos novos casos do vírus.

Com o novo balanço, as autoridades lombardas pediram ao chefe de governo Giuseppe Conte que imponha restrições, mais “severas” que a proibição de reuniões.

Paolo Grimoldi, deputado da Lombardia (Liga, extrema direita), também pediu que o governo intervenha imediatamente para paralisar tudo na Lombardia.

A pandemia de coronavírus já matou mais de 12.000 pessoas em todo o mundo, de acordo com dados oficiais divulgados pela AFP. No total, 12.592 pessoas morreram, a maioria na Europa (7.199) e na Ásia (3.459).