A morte de um homem dentro de um voo da United Airlines levou ao desespero as outras dezenas de passageiros. A mulher da vítima disse aos paramédicos que ele estava com sintomas de Covid-19. O avião, que partiu de Orlando com destino a Los Angeles, na última segunda-feira (20/12), fez um pouso de emergência em Nova Orleans após a tripulação tomar conhecimento do estado de saúde da vítima. As informações são do portal UOL.

(Foto: Reprodução)

 

A mulher falou que ele tinha um exame marcado para saber se estava ou não com a doença provocada pelo coronavírus. Relatos de outras pessoas a bordo do avião dizem que o homem estava tremendo, suando e com dificuldade para respirar antes da decolagem.

Após o pouso de emergência, médicos foram autorizados a entrar no avião, mas o passageiro foi declarado morto no hospital. Segundo a companhia aérea, o homem e a família mentiram sobre o seu estado de saúde ao preencher o formulário para o voo. Vários passageiros questionaram os protocolos da companhia após o incidente.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.