Os legisladores do Tennessee, nos Estados Unidos, aprovaram nesta terça-feira (23) um projeto de lei que permite que professores, diretores e funcionários de escolas do estado portem armas de forma oculta. A medida foi aprovada um ano após um ataque a tiros deixar seis mortos em uma escola de Nashville.

O projeto foi aprovado por 68 votos a 28 na Câmara do estadp, que é dominada pelo Partido Republicano. O Senado do Tennessee havia aprovado o projeto no início do mês, e agora a lei aguarda a assinatura do governador, o republicano Bill Lee, que se declara “aberto” à ideia de porte de armas.

Durante a votação, manifestantes protestaram em oposição ao projeto na galeria da Câmara.
O projeto diz que qualquer pessoa que queira portar uma arma oculta em uma escola terá que completar pelo menos 40 horas de treinamento em policiamento escolar. O custo do treinamento – junto com a arma de fogo – será pago pelo cidadão.

arma-getty-images
Foto: Helder Faria/Getty Images

As identidades dos professores ou funcionários que portam armas não serão tornadas públicas. Os líderes escolares devem dar aprovação para que uma pessoa porte uma arma, e os líderes locais responsáveis pela aplicação da lei devem ser informados da identidade do portador.

O Tennessee tem visto um debate acalorado sobre as leis sobre armas desde que um tiroteio em uma escola de Nashville deixou três crianças e três funcionários adultos mortos. Alguns dos deputados democratas ajudaram a liderar protestos dentro da na Câmara, o que levou à expulsão deles do órgão no ano passado.

“Este é um dia terrível para o Tennessee, para nossos filhos, nossos professores e comunidades”, escreveu nas redes sociais o deputado estadual Justin Pearson, um democrata que foi expulso da Câmara no ano passado, e depois foi eleito novamente. “Em vez de proteger as crianças, eles protegeram as armas DE NOVO!”

Os republicanos e outros conservadores têm frequentemente pressionado para que os professores estejam armados em resposta aos numerosos tiroteios em escolas que ocorreram nos EUA nos últimos 25 anos. Os defensores das medidas argumentam que os professores armados dissuadem os possíveis atiradores nas escolas. Os detratores dizem que as armas na escola provavelmente só levarão a mais tiroteios acidentais.

Cerca de metade de todos os estados dos EUA permitem que professores ou outros funcionários escolares portem armas de fogo nas dependências da escola, de acordo com o Giffords Law Center, um grupo de segurança de armas.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

EUA: Tennesse aprova projeto de lei permite porte de armas para professores

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.