Em seu primeiro pronunciamento oficial após ser derrotado nas urnas, o presidente dos Estados UnidosDonald Trump, atualizou a população norte-americana sobre as medidas de combate ao novo coronavírus adotadas pelo governo. Trump voltou a insistir que o país foi referência na gestão da pandemia de Covid-19 – mesmo com recordes seguidos de novos casos diários e com o maior número de mortes do planeta.

Foto: Reprodução/Instagram

O presidente dos EUA assegurou que a vacina contra Covid-19 será gratuita para toda a população, com exceção do estado de Nova Iorque. Segundo Trump, o governador local se recusou a vacinar os moradores com o imunizante favorito do governo americano, a vacina produzida pelo laboratório Pfizer.

“A Pfizer anunciou que [a vacina] é 90% eficaz e isso supera qualquer expectativa. Temos outras vindo, que terão o mesmo nível ou mais se possível. Em julho, em acordo de U$ 1, 9 bilhão, nós garantimos a compra de 600 milhões de doses. Esse investimento poderá garantir a vacina da Pfizer gratuitamente”, defendeu Trump.

Para ler a matéria completa no portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.