(FOTO: PIXABAY/PONCE_PHOTOGRAPHY/CREATIVE COMMONS)

Um jovem de 20 anos da Bélgica, que não foi identificado, morreu após consumir um espaguete que havia sido preparado cinco dias antes. Segundo Dr. Bernard, que tem um canal no YouTube sobre ocorrências médicas, o jovem costumava preparar suas refeições da semana em um domingo, na tentativa de economizar tempo e dinheiro. A comida era armazenada em potes plásticos e bastava aquecer os alimentos para o consumo.

O relatório do caso, publicado no Journal of Clinical Microbiology, mostra que o estudante cozinhou o macarrão e o deixou fora da geladeira por cinco dias. Ou seja, a massa ficou reservada em temperatura ambiente.

Quando o estudante foi almoçar, sentiu um gosto estranho, mas acabou atribuindo-o ao novo molho de tomate que havia usado. Após a refeição, ele foi praticar esportes. Dentro de 30 minutos, ele sentiu dores abdominais, náusea e dores de cabeça. Ao voltar para casa, teve diarréia e vomitou, mas não procurou atendimento médico e preferiu repousar, beber água e tentar dormir.

Para ler a matéria completa na Revista Galileu clique aqui.