No dia em que viu o adversário se aproximar mais da vitória e teve derrotas nos tribunais, Donald Trump voltou a acusar fraudes nas eleições, mas sem apresentar provas.

“Se contarmos os votos legais, eu ganho fácil. Se contar os ilegais, podem tentar roubar a eleição de nós”, disse Trump, em um discurso na Casa Branca.

Foto: Reprodução/Instagram

Trump elencou uma série do que ele vê como indicadores de fraudes, mas não apresentou provas. Ele reclamou que observadores republicanos não foram autorizados a acompanhar a apuração de perto, e disse que um grande trabalho jurídico está em andamento para questionar a contagem em vários estados.