Um recente funeral na cidade de Manta (província de Manabí, Equador) acabou tomando um rumo inesperado. Em determinado momento do cortejo fúnebre, uma mulher, que seria a viúva do falecido, subiu no caixão, que estava semiaberto, e começou a rebolar ao som de música caribenha. A informação é do Portal EXTRA.

Ao ritmo de animada canção de reguetón, a mulher simulou movimentos sexuais e chegou a beijar o morto.

De acordo com o jornal “El Universo”, o morto foi identificado como Marlon Mero Quijije, de 38 anos. Ele foi atingido por três tiros quando passava pelo bairro de San José e morreu ao dar entrada em um hospital de Manta.

Assista: