O Facebook anunciou nesta terça-feira (13) que vai começar a proibir anúncios que desencorajem as pessoas a se vacinarem.

 

Foto: Divulgação

 

A companhia afirmou que os anúncios que defendam ou sejam contra legislação ou políticas governamentais sobre vacinas, incluindo para covid-19, ainda serão permitidos. A nova política começará a ser aplicada nos próximos dias.

Até agora o Facebook proibia anúncios com informações mentirosas sobre vacinas, permitindo a veiculação dos que manifestassem oposição contra vacinas, desde que não tivessem informações falsas.