A queda significativa do número de infecções por novo coronavírus na Itália permitirá o país liberar a circulação de pessoas a partir desta quarta-feira (03/06). Os sinais de que a pandemia está controlada refletiram até na confiança de médicos.

(Foto: Divulgação)

 

Ainda que não apresente evidências científicas ou estudos relacionados, Matteo Bassetti, chefe da clínica de doenças infecciosas do hospital San Martino, na cidade de Gênova, afirma que o vírus perdeu letalidade.

“A força que o vírus tinha há dois meses não é a mesma força que tem hoje. Está claro que hoje a doença de Covid-19 é diferente”, disse o médico, em entrevista à agência ANSA.

Para ler a matéria completa do Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.