(Foto: GETTY IMAGES)

 

Equipes de resgate estão correndo contra o tempo – e contra a chuva – para libertar 12 garotos e seu treinador de futebol presos em uma caverna inundada na Tailândia.

A expectativa é que uma forte chuva crie uma enchente na região em questão de dias – e há temores de que isso eleve perigosamente o nível da água no local em que estão abrigados.

Os garotos, que têm idades entre 11 e 16 anos, e o treinador, de 25, estão presos desde 23 de junho.

Eles entraram na caverna quando ainda estava seca – antes que fortes chuvas repentinas bloqueassem a saída.

O grupo foi encontrado na segunda-feira à noite por dois mergulhadores britânicos, numa plataforma rochosa a cerca de 4 km da entrada da caverna.

A região de Chiang Rai, onde eles estão presos, passou por uma estiagem nos últimos dias, mas a expectativa de virada de tempo pode forçar a equipe de resgate a acelerar seus planos.

“Nós estávamos correndo contra o tempo antes de encontrá-los”, disse o governador de Chiang Rai, Narongsak Osotthanakorn, em uma entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira. “Agora estamos correndo contra a água.”

Leia a reportagem completa aqui.