Cingapura aprovou o uso da vacina da Pfizer e da BioNTech contra a covid-19, afirmou nesta segunda-feira (14) o primeiro-ministro do país, Lee Hsien. A autoridade disse esperar vacinas para toda a população no terceiro trimestre de 2021. O premiê também anunciou que Cingapura irá relaxar mais as restrições contra o vírus a partir de 28 de dezembro, já que a pandemia está em grande medida sob controle. A administração relaxará limites de capacidade em lugares públicos, como shoppings.

Foto: Reprodução/Twitter

Cingapura não registra novos casos de transmissão local da covid-19 nas últimas semanas. O governo decidiu que as vacinas serão gratuitas para toda a população nativa, bem como moradores de longo prazo, e também que a decisão de se imunizar ou não será voluntária. Cingapura tem mais de 58 mil casos da covid-19, com 29 mortes, com um dos índices de mortalidade mais baixos no mundo pela doença. Fonte: Dow Jones Newswires.