A Austrália registrou pacientes infectados pela nova variante do coronavírus. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (21/12) pelas autoridades locais. A nova cepa foi identificada inicialmente no Reino Unido.

Segundo o governo australiano, os pacientes são duas pessoas que viajaram para essa nação. Eles estão de quarentena em um hotel.

 

Foto: Reprodução/GETTYIMAGES

 

Segundo o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, a mutação foi detectada no sudeste da Inglaterra pela primeira vez em setembro.

A nova cepa pode ser 70% mais transmissível do que as versões anteriores do vírus. Especialistas disseram, no entanto, que não parece mais mortal ou mais resistente às vacinas.

Leia a matéria no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B.