Especialistas acreditam que cobra entrou em piscina para tentar se livrar de carrapatos. Foto: Tony Harrison/Facebook

 

Caçadores de cobras na Austrália resgataram uma cobra píton-carpete coberta por centenas de carrapatos. O réptil, que deveria estar doente, estava em uma piscina de uma casa em Gold Coast, na região de Queensland, na Austrália.

O profissional que a removeu levou a cobra para tratamento em uma clínica de animais silvestres. Veterinários removeram mais de 500 carrapatos, segundo informou o caçador de serpentes Tony Harrison à BBC, e a cobra passa bem. Carrapatos são artrópodes que se prendem a hospedeiros – humanos ou animais – para se alimentar do sangue destes. Muitas vezes eles transmitem doenças.

 

Veterinários retiraram mais de 500 carapatos de animal. Foto: Tony Harrison/Facebook

 

Como segurar um saco de bolas de gude’

Harrison diz acreditar que a cobra, que foi batizada de Nike, estava tentando afogar os carrapatos na piscina. “Obviamente, a cobra estava extremamente desconfortável”, afirmou.

“Sua face inteira estava inchada e a cobra estava completamente atordoada pelos carrapatos colados nele.” Ele disse que remover os carrapatos da cobra pareceu como “segurar uma sacola de bolas de gude” movendo sob suas mãos. Cobras às vezes são atacadas por carrapatos e outros parasitas, diz o professor Bryan Fry, da Universidade de Queensland.

No entanto, a presença de um grande número de carrapatos indica que a cobra estava provavelmente doente, afirma Fry, possivelmente por causa de estresse sob o calor ou condições de seca. “Claramente é um animal que estava seriamente doente para ter suas defesas naturais tão derrubadas”, diz.

 

Clique aqui e leia na íntegra