Mesmo com a suspensão dos atendimentos presenciais nas Agências do Trabalhador do Paraná e com várias empresas paralisadas devido à pandemia de Covid-19, as vagas de empregos em estabelecimentos de serviços considerados essenciais estão sendo ofertadas normalmente pela internet. Esta semana, por exemplo, são mais de 2 mil vagas abertas cadastradas no sistema no Paraná – sendo cerca de 200 em Curitiba e 300 na Região Metropolitana da capital.

Agência do Trabalhador tem vagas mesmo sem atendimento presencial – Foto AEN

Empresários e trabalhadores de todo o Paraná que ofertam ou procuram vagas podem utilizar o site empregabrasil.mte.gov.br. Os trabalhadores podem procurar vagas também pelo aplicativo Sine Fácil (disponível gratuitamente para celulares Androide e iOS).

Supermercados e call centers, por exemplo, têm rotatividade alta e são os setores que mais estão contratando.

“Por mais que neste período de crise haja um aumento no desemprego, ainda temos muitas empresas disponibilizando vagas pelo sistema das agências do Trabalhador do Paraná”, explica o secretário da Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná, Ney Leprevost.

“Importante que essas empresas que seguem abertas respeitem sempre as condições de trabalho de seus empregados, que neste momento é crucial”, ressaltou.

Decreto assinado pelo governador Ratinho Junior lista 40 atividades consideradas essenciais e que podem continuar funcionando normalmente no Paraná durante a pandemia. Por isso, a Secretaria de Justiça, Família e Trabalho editou resolução estabelecendo critérios e normas para proteção dos trabalhadores nas empresas desses setores.

MARÇO

Em março, mesmo com a pandemia, as Agências do Trabalhador do Paraná colocaram 10.286 mil trabalhadores no mercado. Além da ação proativa determinada pelo secretário Ney Leprevost na captação de vagas para intermediação, puxaram o bom desempenho os setores de abates de aves e suínos e fumageiro, que não interromperam as contratações por causa do coronavírus. Para se ter uma ideia, em março de 2019, 7.547 pessoas foram colocadas no mercado pelas Agências do Trabalhador.

O atendimento de cada Agência do Trabalhador do estado é feito pelas prefeituras municipais, com supervisão do Governo do Estado – exceto a de Curitiba, que é de responsabilidade do Departamento do Trabalho e Geração de Renda da Sejuf.

A Agência do Trabalhador de Curitiba continua atendendo pelo telefone, ajudando na intermediação de vagas online e tirando dúvidas dos trabalhadores. Os telefones são: 41-3883-2214 (Seguro Desemprego), 41-3883-2218 (vagas) e 41-3883-2207 (empresas).

ATENDIMENTO TAMBÉM POR CHAT ONLINE

Empresários e trabalhadores de todo o Paraná que procuram ou ofertam vagas e que estiverem com dificuldade de finalizar o atendimento nas ferramentas digitais, tais como Portal Emprega Brasil, e aplicativos da Carteira de Trabalho Digital, Sine fácil e Paraná Serviços, podem receber o suporte técnico por meio o Chat do Trabalhador, no site da Sejuf.

Com a ferramenta, o trabalhador recebe todo o auxílio para consegue finalizar sua atividade, seja para acionar o seguro desemprego, bem como realizar o encaminhamento e oferta para vagas de emprego. Para acessar o chat, basta entrar no link: www.justica.pr.gov.br/trabalho.