O caso ainda é mistério. A única pista da Polícia Civil até o momento são as câmeras de segurança que mostram o casal levando a médica ginecologista Tamires Gemelli da Silva Mignoni, de uma unidade básica de saúde de Erechim, no Rio Grande do Sul.

(Foto: Reprodução)

 

Várias equipes estão à procura de pistas para identificar os autores do rapto registrado na sexta-feira (16) que já se estende por 48 horas sem novidade.

O carro da médica, filha do atual prefeito de Laranjeiras do Sul, Berto Silva, foi encontrado cerca de seis quilômetros da unidade de saúde do Bairro Aldo Arioli.

O sumiço foi notado pelo esposo de Tamires, que rapidamente procurou à Polícia Civil para tentar elucidar o caso.

Forças policiais seguem realizando diversas diligências. Além disso, imagens de câmeras de segurança foram verificadas para identificar pistas que possam levar ao paradeiro da médica que é contratada do município.

O motivo do sequestro ainda é desconhecido e a Polícia Civil mantém tudo em sigilo para não atrapalhar a investigação.

Buscas são realizadas por toda a região. A família de Tamires está no Rio Grande do Sul para auxiliar na investigação.

Para mais informações sobre a região Oeste acesse o Catve.com clicando aqui.