Por Elizangela Jubanski

LCMRadialista e apresentador Luiz Carlos Martins: Foto: Valquir Aureliano

Há 15 anos, no dia 1º de março os amantes do rádio puderam ouvir pela primeira vez a Rádio Banda B. Estava no ar a tradicional emissora de Curitiba na frequência AM 550, que trabalha incessantemente, 24 horas por dia, para levar programação exclusivamente local. É a informação, a prestação de serviços a comunidade e o entretenimento. Uma receita feita com profissionalismo e amor ao trabalho.

Entre as três maiores audiências da capital paranaense, sendo o primeiro lugar no Rádio AM há mais de 10 anos, e disputando o primeiro lugar também com as FMs, o Ibope confirma a preferência a cada ano. Das 6h às 12h ninguém bateu a rádio do coração, que teve mais de 53 mil ouvintes por minuto entre os meses de setembro e novembro, segundo o Ibope EasyMedia3.

“Isso representa uma grande conquista, mas não definitiva. É uma conquista do dia a dia. Cada vez que você abre espaço para a população se manifestar, é muito gratificante. Isso faz nosso trabalho se consolidar cada vez mais. O povo tem que ter um canal de comunicação e ele sabe que pode contar com a Rádio Banda B. O povo é cúmplice e parceiro da Banda B”, diz o apresentador e Luiz Carlos Martins, fundador da rádio.

Equipe

Martins também destacou a importância da equipe que forma o Time Banda B. “Essa responsabilidade de ser cúmplice do povo é nossa, é de toda a equipe que trabalha para levar o melhor conteúdo a todos”. A equipe da Banda B tem hoje 12 profissionais no jornalismo e 14 no esporte. Ao todo, são cerca de 40 profissionais que trabalham diariamente para levar informação e cobertura esportiva com responsabilidade.

portalPortal Banda B: em ascensão

O ouvinte mais fiel vem se transformando também em internauta antenado. Com 3 anos de ‘vida’, o Portal Banda B já se tornou referência entre os curitibanos e também na imprensa de todo o Estado. Desde o início desse ano, todos os dias, o Portal alcançou a média de 70 mil visitantes únicos nos dias de semana. No mesmo período do ano passado, eram 30 mil visitantes únicos, um crescimento de mais de 100%.

A Rádio Banda B tem investido também em novas mídias para interagir com o ouvinte. O tradicional contato telefônico vem sendo gradativamente substituído pela comunicação por meio da internet, celular e portal de voz.

Futebol

O futebol também ocupa posição de destaque na Banda B. “Ocupamos uma posição de liderança no esporte, as pesquisas mostram isso. Principalmente porque a Banda B tem opinião, e é esse nosso diferencial. É aqui que milhares de apaixonados pelo futebol buscam informação, com comentários de quem realmente entende do assunto”, diz o diretor-executivo da emissora, Michel Micheleto.

bandab-tempestadeDestelhamento e estragos na Banda B. Foto: Arquivo Banda B

Em tantos anos, um dos momentos mais difíceis da Banda B foi a tempestade que atingiu a sede da rádio, na Vista Alegre das Mercês. Durante o temporal, por volta das 16h30 do dia 3 de outubro do ano passado, parte do teto da sede da rádio foi destelhada e a redação, onde funciona o Portal da Banda B, foi afetada. Os computadores molharam e a falta de energia elétrica impossibilitou a atualização de notícias, que acontecem em tempo real no Portal Banda B. O gerador da rádio foi acionado e o estúdio principal, embora todos os estragos, não ficou fora do ar um minuto se quer. Toda a equipe de jornalismo e do esporte fizeram plantão noticiário por 10 horas a fio.

A redação recebeu milhares de telefonemas de ouvintes que queriam informações sobre a rádio. Autoridades também entraram em contato com a Rádio Banda B em solidariedade diante dos estragos. O diretor executivo Michel Miqueletto agradeceu a todas as pessoas que de alguma forma se sensibilizaram com a Rádio Banda B. “Recebi ligações de muitas pessoas que se sensibilizaram com o que aconteceu. Importante receber carinho dos ouvintes em um momento como esse”, finalizou. Toda a estrutura afetada foi restabelecida cerca de uma semana depois.