Um casal teve a prisão preventiva decretada pelo latrocínio (roubo seguido de morte) de Carolina Aparecida Farias, 48 anos, no centro de Piraquara, na região Metropolitana de Curitiba (RMC).  Luiz Felipe Cardoso dos Santos Buhrer, de 24 anos, e Gicele dos Santos Gaspar, 29, aparecem correndo após o crime em um vídeo feito com câmeras de segurança da região, informou a polícia. (ver abaixo)

Casal aparece fugindo após o crime – Reprodução

Policiais da equipe de Homicídios da Delegacia de Piraquara tentaram prender os suspeitos na manhã desta quarta-feira (12), e, como não foram localizados, são considerados foragidos. De acordo com a polícia, o casal conhecia a vítima e matou para roubar o R$ 600 que ela tinha sacado do auxílio emergencial. O crime aconteceu no dia 3 de agosto.

Carolina foi morta no centro de Piraquara – Reprodução PCPR

“A vítima era dependente química e perambulava pelo centro de Piraquara. Os dois suspeitos a conheciam e a arrastaram para o local onde ocorreu a morte com o objetivo de roubar o dinheiro que ela tinha. A vítima não foi escolhida aleatoriamente. Eles sabiam que ela estava com dinheiro e a conheciam da região”, explicou o investigador Sérgio Klaar.

O crime aconteceu na rua Elizeu José Hipólito, por volta das 23h30. Segundo a polícia, Carolina teve a face desfigurada com um pedaço de meio fio.

Na investigação, a polícia localizou uma testemunha que viu tudo e confirmou que o casal arrastou a vítima e iniciou uma discussão com ela. Em seguida, a arrastaram para o matagal ao lado de uma residência e a mataram.

Luiz Felipe e Gicele estão foragidos – Divulgação PCPR

Buscas

Com as imagens e fotos divulgadas, a polícia espera localizar o casal. Luiz Felipe e Gicele têm passagem pela Delegacia de Piraquara e são conhecidos na região central da cidade como pedintes e usuários de drogas.

Quem tiver informações dos suspeitos, ligar para 41-3590 1200. A polícia garante o sigilo dos denunciantes.

Assista à fuga: