Ag. Brasil

Os planos de saúde estão obrigados, a partir desta sexta-feira (14), a cobrir exames para detecção do novo coronavírus (SARS-CoV-2), que provoca a covid-19. A decisão, tomada ontem pela diretoria colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar, prevê a cobertura para a pesquisa de anticorpos IgC ou anticorpos totais e foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

Os exames poderão ser feitos nos pacientes com síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave (SRAG) a partir do oitavo dia do início dos sintomas e também para crianças ou adolescentes com quadro suspeito de síndrome multissistêmica inflamatória pós-infecção pelo novo coronavírus.

Os planos de saúde, no entanto, não estão obrigados a cobrir os testes nos seguintes casos:

  • RT-PCR prévio positivo para Sars-Cov-2;
  • pacientes que já tenham realizado o teste sorológico, com resultado positivo;
  • pacientes que tenham realizado o teste sorológico, com resultado negativo, há menos de uma semana;
  • para testes rápidos;
  • pacientes cuja prescrição tem finalidade de screening, retorno ao trabalho, pré-operatório, controle de cura ou contato próximo/domiciliar com caso confirmado;
  • e para verificação de imunidade pós vacinal.