A Polícia Federal cumpriu na manhã de hoje, 8/12, sete mandados de busca e apreensão no município de Matinhos, litoral do Paraná, para apurar a suspeita de que a atual gestão municipal teria abusado do poder econômico para determinar o resultado das eleições municipais, utilizando-se da situação conhecida como “compra de votos”. A determinação partiu da Justiça Eleitoral local.

Foto: Arnaldo Alves / ANPr.

 

A ação de hoje foi em decorrência da prisão em flagrante de correligionários do atual prefeito, às vésperas das eleições, que portavam cerca de R$ 7.500 em espécie e material de campanha, bem como com um dos envolvidos que portava ilegalmente um revólver e munições calibre .38.

A assessoria da Prefeitura de Matinhos informou que não falará sobre o caso, uma vez que o atual prefeito, Ruy Hauer, não apoiou ninguém durante as eleições e, com isso, não ‘tem nada a ver’ com a operação em questão.