(Foto: Colaboração)

Pela segunda noite seguida, o bairro Parolin, em Curitiba, tem um caso de assassinato. Neste domingo (4), um jovem de 22 anos foi morto a tiros em um posto de combustíveis abandonado.

O crime aconteceu no cruzamento das Ruas Brigadeiro Franco e Professor Rubens Elke Braga e pode ter relação com o crime de sábado, quando um homem foi assassinado na mesma região.

“Quando chegamos ao local, havia um jovem morto muitos curiosos. É um posto de combustíveis fechado há algumas semanas e usado para o consumo de drogas. O crime pode ser uma vingança e ter relação com o assassinato de sábado”, disse à Banda B o tenente Caimã Batista, da Polícia Militar.

No crime de sábado, o homem assassinado foi deixado com uma flor no peito. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga os casos.

Balanço IML

No fim de semana, Curitiba e região teve 18 mortes violentas; dez casos de assassinato, dois acidentes de trânsito, um suicídio, um a esclarecer e quatro quedas.