O presidente Jair Bolsonaro afirmou que não tem acompanhado a CPI da Covid, pausada neste momento por conta do recesso parlamentar, mas garante que tem informantes. A declaração foi na manhã desta quinta-feira (22), em entrevista exclusiva ao vivo para a Rádio Banda B.

Jair Bolsonaro – Foto: Isac Nóbrega/PR

Tem pessoas minhas que assistem e elas me contam. Não posso perder tempo com essa palhaçada que acontece lá. Tenho coisas mais importantes.

Jair Bolsonaro, em entrevista para a Banda B.

Uma das principais críticas dele à Comissão é em relação à hidroxicloroquina. O presidente voltou a afirmar que o paciente tem a liberdade de aceitar ou não o tratamento, assim como a decisão é de liberdade dos médicos.

Quando começou problema com Mandetta, foi exatamente em cima disso. Ele era contra o tratamento precoce.

Bolsonaro lembrou questionamentos feitos ao então ministro da Saúde e que resultaram nas primeiras discordâncias, que chegaram até a demissão de Mandetta. “Por que a Covid-19 tem que ser tratada apenas em fase hospitalar? Pra ser entubado? Tubo passou a ser medicamento?”, disse.

E cutucou: “a preocupação do Mandetta é comprar respiradores, dá pra entender o que ele estava falando.”

Bolsonaro disse ainda que Mandetta estava com a popularidade lá em cima e era um garoto propaganda da Globo. “Falei que ele devia se afastar da mídia e trabalhar mais. Fui obrigado a demiti-lo.”

Condução da pandemia

Sobre a condução da pandemia, o presidente afirmou que se dependesse exclsuivamente do governo federal, teria sido diferente. “Comigo não teria lockdown, eu não fecharia o comércio. Daria proteção a quem tem comorbidade e mais idade. Não fecharia escola”, pontuou.

“Talvez tenha sido o único chefe de Estado do mundo com um comportamento como esse. Agora querem me responsabilizar pelas nortes. Poderia fechar o Brasil todo, mas não fiz, exatamente na contramão, mas não por ser oposição, mas por estar melhor preparado para conduzir essa questão. Muitas mortes poderiam ter sido evitadas sim, com tratamento precoce.”

Ele comentou ainda o fato de ter sido criticado por falas como do “histórico de atleta”. “O que mostrei com isso? Mostrei para a população que a melhor forma de prevenir é cuidar do seu corpo. Apanhei muito. Tudo que falei no passado virou uma guerra.”

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

“Não posso perder tempo com essa palhaçada”, diz Bolsonaro sobre CPI da Covid

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.