Montanhistas voluntários que integram o Cosmo – Corpo de Socorro em Montanha, foram acionados no começo da noite de sábado, 8, para auxiliar no resgate de uma mulher de 24 anos, que pulou do Viaduto do Carvalho, no Marumbi, região da Serra do Mar, em Morretes.

De acordo com os montanhistas que fizeram o resgate, a vítima caminhava pelos trilhos e ao ser surpreendida pela composição, se jogou de uma altura de cerca de 30 metros. Caindo ao lado da estrutura do viaduto.

Fotos: Grupo Cosmo/Facebook

Outras pessoas que estavam com a mulher conseguiram se abrigar em platô ao lado do trilho, e em espaços próximos.

O grupo formado por 15 pessoas percorria a trilha do Itupava desde às 7h e estava no trecho de descida, quando foi surpreendido pelo trem.

RESGATE

Imediatamente, quatro voluntários do COSMO, com equipamentos de resgate, foram até o local. Eles utilizaram um veículo especial, conhecido como Auto de Linha, usado para percorrer os trilhos.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Morretes também se deslocou para a região.

Os resgatistas desceram cerca de 30 metros para acessar a vítima. A mulher caiu entre escombros e a estrutura do viaduto.

Resgate foi feito com dificuldade – Fotos: Grupo Cosmo/Facebook

Uma maca foi usada para imobilizar e retirar a vítima do local. A mulher estava consciente e muito machucada, com ferimentos pelo corpo.

Por volta das 20h, a equipe dos Bombeiros chegou na região e auxiliou no resgate. O pai da moça, um tio e outros integrantes do grupo, acompanharam o trabalho de resgate.

A maca com a vítima foi içada por volta das 21h, ela foi colocada no Auto de Linha e transportada até o Hospital de Morretes.

Fotos: Grupo Cosmo/Facebook

PERIGOSO

Integrantes do Corpo de Socorro em Montanha ressaltam que é extremamente perigoso caminhar sobre os trilhos na região.

Ao longo do caminho existem várias placas de advertência.

De acordo com os resgatistas do COSMO esse tipo de acidente tem aumentado na região, devido ao número cada vez maior de turistas que insistem em percorrer a linha férrea.

Em 2019, o COSMO atendeu 33 ocorrências de resgate, 8 delas graves, sendo 4, envolvendo visitantes que faziam a trilha do Itupava pelos trilhos.

*Com informações e fotos do Corpo de Socorro em Montanha – COSMO