Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Um menino de 15 anos, morador em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, morreu no último dia 27 de janeiro após passar o dia empinando pipa no sol de mais de 30°C. Ele teve insolação que causou um aneurisma, ou um edema cerebral, e isso o levou à morte em poucas horas. O caso foi relatado em primeira mão à Banda B pelo secretário da saúde e vice-prefeito de Almirante Tamandaré, Tonhão da Saúde.

Segundo Tonhão, o garoto ficou o dia no sol e foi encaminhado com insolação à Unidade 24 horas de Tamandaré às 18h do dia 27 . “Como o caso era grave ele foi até o Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo, onde não resistiu e morreu”, afirmou o político, que fez um alerta. “Pedimos que as mães tomem cuidado porque o sol está muito forte e as crianças não podem abusar”, pediu.

O vice-prefeito preferiu não passar o nome da vítima para preservar a família. “Todos estão consternados com o que aconteceu a um menino tão novo”, concluiu Tonhão da Saúde.

Mais calor

Para essa semana, a previsão do Instituto Tecnológico Simepar é de que o calor continue a todo vapor em Curitiba e região, com as máximas de segunda a sexta passando dos 30°C.

Notícia Relacionada:

Previsão para última semana de férias é de muito calor em verão histórico