Da SMCS

A Avenida Marechal Deodoro estará preparada para receber o público que irá ao desfile das escolas de samba no próximo sábado (1º). A infraestrutura para o desfile está sendo montada – arquibancadas, equipamentos de som e iluminação, banheiros químicos, barracas de alimentação, além dos esquemas de segurança, atendimento médico e orientação de trânsito. Em função do desfile, haverá mudanças no trânsito da região, a partir das 16 horas, com bloqueio de passagem de carros e desvio de linhas de ônibus.

marechal-deodoro-270214-bandab(Foto: Jaelson Lucas/SMCS)

O acesso do público às arquibancadas é gratuito. Estão disponíveis 2.600 lugares, sendo que 300 são reservados a idosos, deficientes físicos e gestantes. As arquibancadas estarão montadas apenas no lado esquerdo da pista (sentido Marechal Floriano). Serão instalados 60 sanitários químicos, ao longo do trecho do desfile (entre a Rua Barão do Rio Branco e Avenida Marechal Floriano) e também nas áreas de concentração e dispersão das escolas.

Vinte barracas estarão atendendo na Rua Monsenhor Celso (entre a XV de Novembro e a José Loureiro) para venda de alimentos e bebidas (água, refrigerantes e cervejas). Foram definidos também quatro pontos de vendedores ambulantes. Técnicos da vigilância sanitária e da Secretaria Municipal de Urbanismo estarão atuando na fiscalização.

Três ambulâncias – unidade móveis avançadas de pronto atendimento da Secretaria Municipal da Saúde – estarão posicionadas em pontos estratégicos para atendimento médico de emergência. O policiamento será realizado com efetivos da Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros.

Em razão do desfile, haverá bloqueio total da pista da Marechal Deodoro a partir das 14 horas, no trecho entre as ruas Tibagi e Desembargador Westphalen. Agentes da Setran estarão no local para orientar o trânsito.

Desfile

A Avenida Marechal Deodoro volta a receber neste sábado (1º), depois de 15 anos, o desfile das escolas de samba de Curitiba. A festa começa as 18h30, com os blocos carnavalescos, e deve terminar por volta das 5 horas de domingo, com a passagem da escola campeã de 2013, a Acadêmicos da Realeza.

Para festejar esse retorno do Carnaval para o Centro da cidade, as escolas e blocos prometem um desfile com muito brilho e animação. O primeiro a entrar em cena é o Bloco Afoxé, que reúne integrantes dos terreiros de umbanda e candomblé de Curitiba. Há mais de 20 anos o Afoxé é responsável por fazer o ritual de “purificação” da avenida, garantindo bons fluidos para a festa.

O Bloco Derrepent vem na sequência e é outro tradicional participante dos desfiles de Curitiba. Formado por moradores do bairro Rebouças, o Derrepent desta vez vai homenagear os 40 anos do Zé Gotinha, personagem das campanhas de vacinação. Todos os integrantes da bateria estarão vestidos de Zé Gotinha, e os demais participantes com fantasias e adereços nas cores amarelo e vermelho.

O Rancho das Flores, formado por aproximadamente 400 idosos que participam dos grupos de convivência da Fundação de Ação Social (FAS), leva para a avenida o enredo “Rancho das Flores – 25 anos de alegria na Copa 2014”. Os 25 anos do bloco (criado em 1989) e o futebol são os temas das fantasias, adereços e da marchinha que conduzirá a apresentação.

Escolas

Oito escolas de samba estarão participando do desfile este ano. As primeiras a se apresentar, a partir das 21 horas, são as do grupo B – Imperatriz da Liberdade, Unidos de Pinhais, Bairro Alto e Internautas, cujos enredos enaltecem Curitiba e a cultura popular. “Parintins: o Festival da Ilha Encantada” é o tema escolhido pela escola Imperatriz da Liberdade, para enaltecer a riqueza cultural do Norte do país e homenagear o famoso Festival Folclórico de Parintins. A Unidos de Pinhais traz no seu samba-enredo “O dia a dia … Aos quatro dias… Da labuta à folia” um apelo para que os foliões aproveitem os quatro dias de Carnaval para pular, sambar e ser feliz, deixando de lado os problemas e as tristezas da vida.

Com o enredo “Buscando as cores do meu país, busquei nova terra pra ser feliz. Sou imigrante!”, a Associação Unidos do Bairro Alto presta uma homenagem a todas as etnias que fizeram a história de Curitiba. A escola de Samba Os Internautas resgata a tradição do Balé Teatro Guaíra, lembrando suas principais produções no enredo “Nos palcos do Teatro Guaíra, o balé de Pinhais constrói a sua história”.

Com maior número de integrantes e de carros alegóricos, as escolas de samba do grupo A são as últimas a entrar na avenida. A Leões da Mocidade deve dar a largada por volta da meia-noite, apresentando “Meus tambores anunciam: sorria você está na Bahia”, que destaca os encantos, as belezas naturais, a diversidade e a musicalidade da Bahia. A Embaixadores da Alegria preparou o enredo “Sobre nosso olhar e inspiração… A essência dá o tom da folia”, mostrando que o Carnaval é uma arte que requer trabalho, talento e inspiração.

“Quero brincar de ser mau!!! Mocidade faz buuu…Neste Carnaval” foi o tema preparado pela Mocidade Azul, que desta vez levará para o desfile bruxas, fantasmas, zumbis e outros personagens para “aterrorizar” as arquibancadas. Por último, a Acadêmicos da Realeza vai disputar o título com o enredo “E o mundo vem dançar no compasso da Realeza”, encenando os mais variados estilos de dança.

Um corpo de jurados acompanhará todo o desfile, atribuindo notas para os quesitos: enredo, samba-enredo, bateria, ala das baianas, comissão de frente, mestre-sala e porta-bandeira, alegorias e adereços, fantasias, conjunto e harmonia. A apuração será no domingo (02), a partir das 15 horas, no Memorial de Curitiba, quando será anunciada a escola campeã do Carnaval 2014

Bailes populares

A Fundação Cultural de Curitiba promove também bailes populares no Ginásio de Esportes do Bairro Novo, nos dias 3 e 4 de março (segunda e terça-feira). Com animação da Banda LeFigarroo, os bailes infantis acontecem das 15h às 19 horas, e para os adultos, das 20h à meia-noite. A entrada é gratuita.