Por Luiz Henrique de Oliveira

manifestacaodentroEm torno de 30 funcionários estão sem receber em obra (Foto: Maria Cristina)

Funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviço às construtoras Rossi Residencial e Thá Incorporadora estão mobilizados, nesta quinta-feira (16), em frente a construção de um prédio na Av. Visconde de Guarapuava, no Centro de Curitiba. O trabalhadores reclamam que estão sem saber o que fazer para pagar as contas, já que o salário do mês de abril ainda não foi depositado.

O pedreiro Edvaldo dos Santos falou à Banda B que o responsável pela terceirizada teria ‘sumido do mapa’. “O empreitero que a gente trabalhava pegou a fatura e desapareceu. O pagamento era para ser dia seis e ainda não saiu. Os egenheiros estão só prometendo e até agora nenhuma solução. Hoje nós paramos o serviço para tentar resolver isso”, disse o trabalhador.

Edvaldo disse que o sindicato da categoria, o Sintracon (Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil), está ajudando no local, mas sem sucesso. “Tem um funcionário aqui tentando nos ajudar, mas está difícil. Sem novidades e por isso pedimos a ajudade de vocês”, explicou.

A Banda B tentou contato com a Thá, em Curitiba, e os responsáveis pela comunicação estavam em uma reunião. Já a Rossi Residencial irá enviar uma nota sobre o caso em breve.