A primeira noite de Carnaval no Rio de Janeiro foi marcada por correria e desespero após um carro alegórico atropelar Raquel Antunes, de 11 anos, na noite de quarta-feira (20/4). A criança perdeu uma das pernas e está internada em estado grave.

Reprodução

“Raquel estava com umas amiguinhas conversando enquanto a mãe lanchava. Ela estava encostada em um poste quando o carro alegórico passou e atropelou. Foi uma correria, uma gritaria, tinham muitas crianças perto. Carnaval, né?”, explicou Rosana Silva, tia da vítima, ao Metrópoles.

Rosana está no hospital com a família desde 1h da manhã, quando ligaram para contar o que havia acontecido. A mãe da criança, Marcela Antunes, ficou sabendo do acidente com a filha em meio à correria.

“A mãe está muito nervosa, passou mal, está grávida de três meses”, disse a tia da menina.

Por volta das 7h30, por orientações médicas, a mãe foi para casa. “Ela está sem condições de falar, de andar. Passou muito mal durante a madrugada, chegou a desmaiar”, disse Glória Santos, prima da família, à reportagem.

Leia a reportagem completa no Metrópoles parceiro da Banda B.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

“Foi uma gritaria”, diz tia de criança de 11 anos atropelada na saída em desfile de escola de samba na Sapucaí

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.