A implantação de placas solares fotovoltaicas na sede da Associação Cristã de Assistência Social (Acridas), no bairro Bacacheri, em Curitiba, foi finalizada. A usina solar é mais um projeto aprovado pelo Programa de Eficiência Energética da Copel, que aplica parte de sua receita operacional líquida anual em melhorias de instalações e gestão energética.

(Foto: Reprodução)

 

A Acridas é uma entidade assistencial que apoia crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. A instituição recebeu 169 painéis fotovoltaicos e teve 341 lâmpadas convencionais substituídas por LED. A estimativa é de que o projeto gere uma economia de R$ 45 mil por ano. O valor economizado será revertido para a expansão do acolhimento de crianças e adolescentes.

“Promover a eficiência energética é um dos principais compromissos do setor elétrico e a Copel segue por esse caminho com orgulho de poder gerar benefícios a diversos tipos de consumidores, da área industrial até entidades assistenciais como a Acridas”, afirma o diretor-geral da Copel Distribuição, Maximiliano Orfali.

No total, o projeto da Acridas recebeu R$ 248 mil aprovados na Chamada Pública VPDE 003/2017 da Copel, aberta a propostas de eficiência energética nas áreas industrial, residencial (condomínios), comércio e serviços, poder público, iluminação pública e rural.

“O programa terá impacto positivo direto no resultado financeiro da Acridas, pois poderemos usar os recursos economizados para novos investimentos no acolhimento de crianças em situação de vulnerabilidade”, comenta o diretor de Programas Sociais da Acridas, Willian Rodrigo do Amaral.

O Programa de Eficiência Energética (PEE) da Copel atende a legislação federal que determina que as concessionárias e permissionárias de serviços públicos de distribuição de energia elétrica devem aplicar, anualmente, o valor equivalente a 0,40% de sua receita operacional líquida anual no desenvolvimento de programa para o incremento da eficiência energética no uso final de energia elétrica, por meio de projetos executados em instalações de consumidores. A Chamada Pública VPDE 003/2017 da Copel selecionou no total 39 projetos, em um total de mais de R$ 30 milhões de investimento.